Bolas paradas defensivas: a definição da linha na defesa à zona

Nos livres marcados antes da linha da grande área, a definição do local onde se situa a linha defensiva nas equipas que defendem à zona (a esmagadora maioria) é um factor essencial na abordagem ao lance. Se a posição onde a falta é cometida é, por si só, um factor que obriga a linha a subir ou descer, essa é também uma escolha dos treinadores, que podem optar por aumentar o espaço entre a linha defensiva e o guarda-redes – que fica ´responsável´ por controlar essa zona – ou, em alternativa, encurtar esse mesmo espaço, permitindo aos defesas estar de frente na abordagem à bola e reduzir o risco no controlo da profundidade.

Se estar de frente para a bola e reduzir o risco de um adversário entrar na profundidade é uma vantagem, colocar a linha defensiva muito recuada tem outros perigos que, feitas as contas, acabam por tornar esta opção mais arriscada.

No caso de o oponente se antecipar e conseguir executar um remate à baliza, o pouco espaço face à mesma aumenta as probabilidades de a finalização ter sucesso. Por outro lado, qualquer ressalto pode ser fatal, já que não dá tempo de reacção à defesa ou ao guarda-redes. Foi o caso do golo sofrido pelo Paços de Ferreira diante do Estoril. Num livre a cerca de 35 metros da baliza, ainda que numa posição relativamente frontal, os castores colocaram a linha defensiva perto da marca de grande penalidade. Esse recuo resultou num ressalto que terminou no fundo das redes.

Neste vídeo, retirado do recente FC Porto – Sporting, podemos ver duas abordagens defensivas que considero serem mais correctas a livres aproximadamente à mesma distância (35m). Na 1ª situação, com o livre de uma posição mais frontal, a linha defensiva coloca-se à frente da marca de grande penalidade. Ao ´obrigar´ o marcador do livre a ter de colocar a bola com precisão no espaço entre a linha e o guarda-redes, precipitou o erro. Na 2ª situação, com um livre mais descaído para a faixa, a linha posiciona-se perto do início da grande área. Coates consegue efectuar um cabeceamento perigoso, mas a distância face à baliza permitiu a intervenção do guarda-redes.

definicao ultima linha from Grande Círculo on Vimeo.

Artigo escrito por Daniel Lima | Daniellima207@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *